Esta é a primeira casa portuguesa de que falo no meu blog e situa-se em Esposende. Foi realizada pelos Arquitectos Anónimos, e intitula-se Cork House, devido, sobretudo, à sua composição.

A casa teve dois objectivos primordiais: eficiente e com o custo bastante reduzido. Assim sendo, e querendo fugir à crise, estes recorreram a materiais de baixo custo, como a chapa perfurada e a cortiça para elaborar uma casa de nobres resultados. O edifício é revestido no exterior a placas de aglomerado de cortiça, por ser um material denso que enfatiza a compactação da casa e as ideias de abrigo, caverna ou casa-forte que a habitação procura ter.

 

Arquitectos: Arquitectos Anónimos® e Paulo Teodósio
Local: Esposende, Portugal
Área: 288 sqm
Inicio do Projecto: 2004
Inicio da construção: 2005
Finalização: 2007

Advertisements